TUDO SOBRE O PALMEIRAS AQUI

domingo, 31 de março de 2013

Ingressos para Palmeiras x Tigre

O Palmeiras abriu neste sábado as bilheterias para o jogo contra o Tigre, marcado para esta terça-feira, às 21h30 (de Brasília) no estádio do Pacaembu. A partida é válida pela quarta rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores e é decisiva para o Verdão seguir com chance de classificação na competição.
A carga total é de 37.153 ingressos. As vendas online começaram no domingo passado, através do site www.futebolcard.com, mas as bilheterias só foram abertas neste sábado, no Pacaembu e no Palestra Itália, além de outros cinco postos de venda. Até o dia da partida, a comercialização ocorre das 10h às 17h. Na terça, o horário se estende até o intervalo do jogo.
Os ingressos mais baratos são os do tobogã, ao preço de R$40,00. Arquibancadas verde, amarela e laranja saem por R$ 50,00. O setor mais caro é a cadeira coberta azul, que custa R$ 200,00.

A noite tem concentração para Libertadores

Após o término do treino desta manhã, o elenco palmeirense foi liberado para aproveitar o resto de feriado com a família. No entanto, no período da noite, os jogadores voltam à Academia de Futebol e seguem para o hotel onde se concentram para o duelo da próxima terça-feira (02), às 21h30, com o Tigre-ARG, no Pacaembu, pela Copa Libertadores. O último treino antes do confronto com os argentinos acontece nesta segunda-feira (01), às 16h, na Academia de Futebol, em atividade fechada para a imprensa

Domingo de Páscoa, palmeirenses treinam

Os jogadores do Palmeiras se reapresentaram neste domingo (31), às 10h, na Academia de Futebol, depois da vitória deste sábado (30), por 2 a 1, sobre o Linense, no estádio do Pacaembu - com o resultado positivo, o Verdão assumiu a quinta posição na classificação do Campeonato Paulista, com 28 pontos conquistados. Os atletas que iniciaram a partida deste final de semana fizeram um trabalho regenerativo, com musculação, massagem e hidromassagem.
Já o restante do elenco seguiu para um dos campos do centro de treinamento palestrino e iniciou as atividades deste domingo com um descontraído aquecimento. Em seguida, sob a orientação do preparador Fabiano Xhá, o grupo de atletas realizou um treino físico com bola, em atividade que testava a agilidade de cada jogador. Para finalizar, o técnico Gilson Kleina e seus auxiliares Jair e Juninho comandaram um trabalho técnico em campo reduzido.

Kleina destaca garra dos jogadores

“O ambiente no Palmeiras é muito bom. Quando acontece um acidente como o de quarta-feira, todos ficam sentidos, mas estamos muito focados no trabalho. Para se atingir o que quer, tem de se superar. E fomos premiados com o gol no final. Os três pontos foram importantíssimos, fundamentais. Agora, estamos mais próximos do G-4”, disse.
Kleina acredita que o triunfo sobre o Linense ajudará o Verdão na sequência do trabalho. “Uma coisa que pedimos é que precisávamos reagir. A nossa atitude tinha que mostrar o que queríamos no campeonato. Ficamos felizes porque o grupo está assimilando bem o que é o Palmeiras. Não estamos contentes pelo trabalho ainda porque precisamos desenvolver, mas a vitória nos dá muita moral”, falou.
De acordo com o treinador, a equipe palestrina deve manter a mesma postura que apresentou neste final de semana nos próximos confrontos. “Nossa equipe acreditou até o final, temos de enaltecer a atitude deles. Nossa parte é correr dentro de campo, fazer com que a nossa equipe jogue com intensidade, seja contundente e objetiva. Tem de ser organizado, não adianta bater o desespero”, comentou Gilson Kleina, que foi presenteado com a vitória no dia de seu aniversário.
“Tomei uns tapas na cabeça e vou ver quem foi (risos). Mas foi importante externar, e quero agradecer, era um grande presente que estava reservado. Estou muito feliz por quem torceu por mim”, comemorou.

Jogadores do Palmeiras fazem pacto

“Conversamos com os jogadores junto com a comissão depois da derrota (para o Mirassol). Foi uma conversa de homem para homem, de olho nos olhos. Fizemos um pacto entre nós e mostramos essa cara. Temos um time dedicado, sabemos da nossa limitação e se ganharmos todos os jogos dessa maneira está bom demais”, afirmou o atleta palestrino, que comemorou o triunfo deste sábado (30) sobre o Linense, no estádio do Pacaembu.
“A vitória vai animar o grupo com certeza, ainda mais da maneira que foi, com um time aguerrido, que não largou em nenhum momento. Estávamos sempre com a bola e só demos uma caída quando levamos o empate, mas vencemos. Nada melhor do que essa vitória no último minuto para o jogo de terça-feira”, exaltou André Luiz, referindo-se ao duelo desta terça-feira (02), às 21h30, com o Tigre-ARG, pela fase de grupos da Copa Libertadores – competição que o camisa 33 não está inscrito.
O Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Paulista no dia 07 de abril (domingo), às 18h30, em Campinas.

sábado, 30 de março de 2013

Leo Gago não enfrente o Tigres nem a Ponte


Ele  não poderá atuar na terça-feira, contra o Tigre (ARG), pois estava inscrito pelo Grêmio na Copa Libertadores. Souza, em compensação, pode voltar a ser titular e em sua vaga. O jogador está recuperado da lesão que sofreu no joelho esquerdo e entrou no segundo tempo deste sábado.

Titular nos quatro últimos jogos do Palmeiras pelo Paulista Chevrolet, o volante Léo Gago é desfalque certo da equipe para o jogo contra a vice-líder Ponte Preta, dia 7 de abril, no Moisés Lucarelli. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Linense e, com isso, deverá cumprir suspensão automática.

 

Leandro é artilheiro

Autor do primeiro gol palmeirense e artilheiro da equipe na temporada, com 5 gols, Leandro exaltou a postura do Palmeiras durante a vitória contra o Linense, no Pacaembu, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Paulista.
“Nós precisávamos desta vitória e viemos determinados a vencer. Em todo momento buscamos o gol, no entanto o time deles veio fechado. Foi difícil para entrar, mas graças a Deus fomos coroados com um gol no finalzinho”, declarou o camisa 38.
Leandro também afirmou que ficará na torcida durante o confronto contra o Tigre-ARG: “Nós temos que jogar uma partida de cada vez. Primeiro foi esse jogo e graças a Deus conseguimos os 3 pontos. Agora como não vou poder jogar (Leandro não pode ser inscrito na Libertadores), vou trabalhar e ficar torcendo pelos meus companheiros.”

QUERO MEU PALMEIRAS DE VOLTAAAAA

TODA TORCIDA PALMEIRENSE COMPARTILHA DESSE SENTIMENTO
QUEREMOS NOSSO PALMEIRAS, CAMPEÃO DE VOLTA

ESSA IMAGEM DIZ MAIS QUE MIL PALAVRAS


Parabéns Gilson Kleina

O técnico do Palmeiras está com a cabeça a prêmio, mas com a vitória de hoje, acredito que ele terá uns dias de tranquilidade
A vitória veia na hora certa e serviu como presente ao treinador que está fazendo aniversário hoje.
O blog deseja muita saúde, felicidades ao treinador e que ele treine bem o time, faça as alterações certas para o time vencer, que Deus guie seu caminho e o torne campeão no Palmeiras, que a vitória de hoje, seja um gás a mais para a partida da Libertadores ai sim temos que vencer ou vencer.
Por enquanto Kleina comemore, que hoje o dia é seu e do Palmeiras, nós palmeirenses ficamos felizes com a vitória, que mesmo sendo no final, o importante foi somar três pontos.



Palmeiras vence e acalma torcida por enquanto

O Verdão conseguiu o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Linense apenas aos 45 minutos do segundo tempo, com Marcelo Oliveira, de cabeça. O primeiro do Alviverde havia sido marcado por Leandro, já na segunda etapa, enquanto Gilsinho anotou para os visitantes.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 28 pontos e subiu para quinto lugar. Já o time de Lins permanece em décimo lugar,com 22 pontos ganhos.

O Verdão voltará a campo nesta terça-feira, às 21h30, contra o Tigre (ARG), novamente no Pacaembu, em partida fundamental para as pretensões da equipe na Copa Libertadores da América. Pelo Estadual, o próximo compromisso será no domingo, diante da Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Linense recebe o Oeste, no sábado, às 18h30, no Gilberto Siqueira, na cidade de Lins.


 
 
GOLS: Leandro, 10'/2°T (1-0); Gilsinho, 15'/2ºT (1-1) e Marcelo Oliveira, 45'/2ºT (2-1)

Palmeiras: Bruno; Ayrton (Patrick Vieira - intervalo), Vilson, André Luiz e Marcelo Oliveira; Wendel, João Denoni (Souza - 23'/2ºT), Léo Gago e Ronny; Leandro e Caio (Vinícius - 23'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina



 


Link para assistir PALMEIRAS x Linense

http://www.esportes.us/quer/futebol1c.html
http://www.esportes.us/quer/futebol1c.html

sexta-feira, 29 de março de 2013

KAKA ESTA DANDO SOPA, E AI PALMEIRENSES?

TODO MUNDO SABE QUE O KAKA É BAMBI, MAS SERÁ QUE SERIA UMA BOA NO PALMEIRAS?SE POR ACASO FOSSE POSSIVEL O QUE A TORCIDA ACHARIA?
LOGICO QUE ELE NÃO JOGA COMO ANTIGAMENTE, MAS É MELHOR QUE MUITOS MEIAS POR AI, INCLKUSIVE DO PALMEIRAS
CONTRA, AS LESÕES E O ALTO SALÁRIO
DIZEM QUE O FLAMENGO ESTA ATRAS DELE, SE UM CLUBE FALIDO COMO O FLAMENGO PODE SONHAR, PORQUE NOSSO GRANDIOSO PALMEIRAS NÃO?

FELIZ PASCOA A TODOS PALMEIRENSES


RELACIONADOS DO PALMEIRAS CONTRA Linense

Confira a lista completa dos relacionados:
Goleiros: Fernando Prass e Bruno
Laterais: Ayrton e Fernandinho
Zagueiros: André Luiz, Maurício Ramos e Vilson
Volantes: João Denoni, Léo Gago, Souza, Marcelo Oliveira e Wendel
Meias: Ronny, Patrick Vieira, Tiago Real e Rondinelly
Atacantes: Leandro, Vinícius e Caio

PALMEIRAS QUER ALAN KARDEC

"Tive oportunidade de conversar com o presidente do Benfica e foi uma grande honra conhecer Luís Filipe. Acredito que no futuro jogadores do Palmeiras podem interessar ao Benfica e que jogadores do Benfica possam interessar ao Palmeiras. Alan Kardec é de fato um jogador muito interessante e, obviamente, falamos sobre ele, mas ainda não de forma concreta. O Palmeiras atravessa uma situação delicada do ponto de vista financeiro e não sei se tem condições para contratar um jogador como Kardec, até porque ainda desconheço seu salário" , explicou Nobre.
José Carlos Brunoro, diretor-executivo, admitiu que o Alan Kardec é um "nome interessante", mas ainda não houve tempo para conversar com o presidente sobre o assunto, já que Nobre chegou de Portugal depois da goleada sofrida contra o Mirassol, na última quinta-feira, e a dupla precisou analisar a situação do técnico Gilson Kleina, antes de anunciar que ele continuaria no cargo.


Palmeiras vai com time misto contra Linense

O time do Palmeiras será bem diferente na partida deste sábado, às 18h30, contra o Linense, no Pacaembu. No treino desta sexta-feira de manhã, o técnico Gilson Kleina montou a equipe titular sem seis jogadores: o lateral-direito Weldinho, o zagueiro Maurício Ramos, o lateral-esquerdo Juninho, os volantes Marcio Araújo e Charles e o meia Wesley treinaram no campo ao lado, enquanto a formação escolhida para encarar o Linense era testada.
O motivo da decisão de Kleina é o duelo de terça-feira diante do Tigre, pela Libertadores, também no Pacaembu. O Verdão precisa vencer para ultrapassar o Sporting Cristal e assumir a segunda colocação de seu grupo. Em terceiro, o clube está fora da zona de classificação para as oitavas de final. Entraram no time Ayrton, André Luiz, Marcelo Oliveira, Wendel, João Denoni e Ronny.
- Eles estão fora do jogo porque chegamos na quinta de manhã depois de um resultado péssimo, eles praticamente perderam a noite de sono e vão ter de correr muito na terça-feira. Teremos só 19 inscritos em condições e, para não correr nenhum risco e podermos ter uma equipe competitiva, fiz essas mudanças - explicou o técnico.

SOLUÇÃO PARA OS PROBLEMAS DO PALMEIRAS

Aposto que nem se benzer da jeito, se alguém tiver uma solução avisa, É URGENTE
Quero meu Palmeirassssssssssssssss de volta
Será que as benzedeiras dão conta?Quem sabe aquelas pessoas que diz saber, trazer, amor de volta, ou sei la mais o que?Quem sabe o Papa, ou Deus, porque a coisa está difícil
Muitos acredito eu poderiam ajudar, mas quem realmente quer?
Eu quero mas quem sou eu perto, de presidentes, diretorias, jogadores, pessoas que do Palmeiras, só querem sugar dinheiro e toda força que temos, mas só um aviso enquanto nesse mundo bater um coração palmeirense, vocês não vao conseguir acabar com o Palmeiras de vez.
o Palmeiras é gigante, adormeceu mas faremos de tudo para levanta lo, eu falo em meu nome e de 18 milhões que pensam como eu e querem o Palmeiras de volta, quero gritar é CAMPEÃOOOO
QUERO VER AS RUAS PINTADAS DE VERDE E BRANCO, QUERO CHORAR DE ALGRIA, QUERO VER O PALESTRA CHEIO NOVAMENTE



SEUS INCOPETENTES QUERO MEU PALMEIRAS DE VOLTA, ACORDEM O GIGANTE


 A SOLUÇÃO ESTA NA MÃO DE VOCÊS FAÇAM POR MERECER HONRAR NOSSA CAMISA, REPRESENTAR MILHÕES DE TORCEDORES

JOGADORES E DIRETORIA VOCÊS SÃO A VERGONHA DO PALMEIRAS

Diretoria apoia, mas Torcida quer KLEINA FORA

Se o blog fizer uma pesquisa agora, para saber se o Kleina deve sair ou ficar no Palmeiras, aposto e ganho que a maioria vai optar pela saída do treinador.
Muitos com raiva após a vergonhosa derrota para um time fraco como o do Mirassol
Eu na minha humilde opinião acho que mesmo trocando de técnico não sairemos tão cedo dessa situação infelizmente.
O time não tem dinheiro para contratações , os jogadores, embora as vezes guerreiros, na maioria das vezes são medíocres, pois não tem talento para manter uma boa fase,, ai voltamos ao principio.
Já tivemos, Luxemburgo, Felipão, Muricy, entre outros e estamos a anos, na mesma situação, será que Mano Menezes resolveria?
Com esses mesmos jogadores acho difícil, o jeito é rezar e torcer porque como palmeirense que somos, por mais que sofremos sempre apoiaremos

PALMEIRAS MINHA VIDA É VOCÊ

SÃO MARCOS DEFENDE PRASS

COM UMA DEFESA COMO A DO JOGO COM O MIRASSOL, QUAL GOLEIRO SE SAIRIA BEM, ATACANTE NA CARA DO GOL, SOZINHO, SÓ SÃO MARCOS PARA NOS DEFENDER
FALANDO EM SÃO MARCOS, ELE QUE É SANTO TAMBÉM JA PARTICIPOU DE VEXAMES DO PALMEIRAS, MAS NEM QUERO LEMBRAR DISSO, COMO CONHECEDOR DESSE MUNDO SUJO DO FUTEBOL ELE SAIU EM DEFESA DE FERNANDO PRASS


PALAVRAS DE SÃO MARCOS :
Sabe o que me irrita quando o time passa por uma vergonha(goleada) como hoje ?
É que o tempo passa e a única pessoa lembrada pelo vexame é o goleiro, todos se esquecem dos outros que também jogaram a partida !!!!
Falo por experiência própria, força Prass.



KLEINA ESTA COM VERGONHA, MAS DESISTIR JAMAIS

- Desistir jamais. Nós estamos trabalhando, sabendo o que estamos passando no dia a dia. Nenhuma derrota é satisfatória, também estamos com vergonha, sabemos o que o torcedor está sentindo. Mas tem que ser um divisor de águas. Agora é questão de honra alcançar os objetivos - disse.
O treinador pede que a torcida tenha paciência e diz confiar no trabalho para reagir após o vexame.
- Tem de ficar atento com a reação da torcida, foi um resultado anormal, vamos ter atenção, pedir paciência ao torcedor, sabemos que é muito difícil, vamos tentar reagir. Estamos trabalhando, uma derrota dessa não é normal. Temos de entender e assimilar a situação que estamos passando. Nosso trabalho e da diretoria é árduo. Não vamos tentar achar culpados agora - analisou.




Jogadores do Palmeiras continuarão sem receber

Dos 14 jogadores que entraram em campo na quarta-feira à noite, só quatro têm dinheiro a receber: Juninho, Marcio Araújo, Wesley e João Denoni, que entrou no segundo tempo. O clube também deve à comissão técnica.
Nobre deixou claro que a dívida é uma herança da administração anterior, do ex-presidente Arnaldo Tirone, e que até agora não houve condições financeiras de pagar os atletas. No entanto, segundo ele, o grupo sabe que a diretoria não está "embromando".
- Nós herdamos isso e estamos mantendo por não termos condições. O elenco sabe que a diretoria é séria e não está embromando. Assim que houver condições tudo será pago.

Palmeiras acumula mais um vexame no século

Neste século, ao menos uma vez por ano o torcedor teve de suportar vexames, eliminações e placares inesperados. E essa foi a quinta partida em que o clube sofreu pelo menos seis gols.
Em 2001, o Palmeiras ainda estava na zona de classificação, entre os oito melhores do Campeonato Brasileiro, quando foi derrotado por 6 a 2 para o Fluminense no Palestra Itália. O resultado abalou a equipe. Mesmo na reta final da competição, ela perdeu seu lugar no G-8 e acabou eliminada precocemente. O técnico era Márcio Araújo.
Novamente em seu estádio, o Verdão passou por outro vexame histórico em 2003, quando vivia situação semelhante à atual. Pouco depois de ser rebaixado para a Série B, perdeu por 7 a 2 para o Vitória na Copa do Brasil. O jogo teve direito ainda a uma furada incrível do goleiro Marcos, grande ídolo dos torcedores. A exemplo do que ocorreu agora com Gilson Kleina, há dez anos Jair Picerni permaneceu no cargo. Ele conquistou a Série B no fim daquele ano.
O Figueirense foi outro algoz do Verdão. Em 2006, venceu por 6 a 1 e decretou a queda de Emerson Leão. O clube teve o interino Marcelo Vilar, depois recorreu a Tite e Jair Picerni para fugir de novo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A fase não melhorou com a mudança de treinador.
Antes do Mirassol, o último time a ter feito seis gols no Palmeiras havia sido o Coritiba, em 2011. Também pela Copa do Brasil, no Couto Pereira, os paranaenses ganharam por 6 a 0 e carimbaram a vaga na fase seguinte. Fortalecido pelo seu passado no clube, Luiz Felipe Scolari foi mantido pela diretoria e, por ironia do destino, no ano seguinte, conquistou o título do torneio justamente contra o Coritiba, no mesmo estádio.
No século 21, não são apenas as goleadas que deixaram manchas no torcedor palmeirense. Em 2002, o clube caiu para a Segunda Divisão meses depois de ser eliminado da Copa do Brasil pelo então desconhecido ASA de Arapiraca, novamente no Palestra. Santo André, em 2004, Ipatinga, em 2007, e Atlético-GO, em 2010, foram outros clubes menores que bateram o Verdão nessa competição.
Outra eliminação surpreendente foi diante do Paulista de Jundiaí, na semifinal do Paulistão de 2004. E goleadas não pouparam nem mesmo treinadores consagrados. Em 2008, Vanderlei Luxemburgo foi agredido por torcedores no embarque da delegação palmeirense para o Rio de Janeiro. No dia seguinte, a equipe levou 5 a 2 do Flamengo, e viu suas chances de título se reduzirem ainda mais.
Em 2010, a vitória do São Caetano por 4 a 1 causou a demissão de Muricy Ramalho, que havia sido contratado depois de conquistar o tricampeonato brasileiro pelo rival São Paulo. Dessa vez, Paulo Nobre garante que o planejamento feito no início do ano ainda sustenta Gilson Kleina. Nesse plano, ele será o técnico na disputa da Série B. No entanto, se o time não suportar bem a goleada do Mirassol, as coisas podem mudar.
- Tudo está sendo sempre avaliado, ninguém está 100% garantido, mas não é uma derrota que eventualmente vai fazer mudanças na estratégia traçada no início do ano. Estamos formando um time e queremos ter os melhores resultados possíveis. Se ele cumprir o que esperamos dele, sem dúvida será o técnico da Série B.

VERDÃO TREINA E HENRIQUE VOLTA

No dia seguinte à derrota para o Mirassol, o Palmeiras treinou, nesta quinta-feira (28), mirando o confronto de sábado (30), contra o Linense, pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. O elenco alviverde - com exceção dos titulares, que ficaram na academia fazendo regenerativo - realizou um trabalho em campo reduzido e aprimorou fundamentos.
A novidade ficou por conta do zagueiro Henrique. O camisa 4, ainda se tratando da lesão na coxa direita sofrida no jogo diante do Botafogo-SP, no dia 20 de março, foi a campo pela primeira vez. O atleta, supervisionado pelo preparador Marco Aurélio Schiavo, correu pelo gramado, alternando tiros curtos com movimentações específicas.
O defensor Maurício Ramos, baixa de última hora da partida ante o Mirassol por uma indisposição estomacal, participou normalmente. O jogador, assim como Vilson (recuperado de uma contusão na coxa direita), está à disposição do técnico Gilson Kleina para o duelo de sábado.
O grupo volta a treinar nesta sexta-feira (29), às 9h. A atividade será aberta para a imprensa. O Palmeiras, com 25 pontos, é o atual sétimo colocado do Paulistão. Na próxima terça-feira, 2 de abril, o clube enfrenta o Tigre-ARG, pela Copa Libertadores.

DIRETORIA APOIA: KLEINA FICA

“Eu fiz questão de bater um papo com os jogadores para dizer que aquele comprometimento que eu exijo de jogar com a camisa do Palmeiras continua sendo um ponto básico. Não quero que a derrota (para o Mirassol) faça com que eles abaixem a cabeça. Quero eles com a mesma garra que eles vêm apresentando até agora e os resultados voltarão a acontecer”, afirmou.
“Eles (torcedores) têm total direito de fazer isso (criticar). Este time é um grupo comprometido, esse pessoal tem vergonha na cara. Os jogadores estão tão incomodados como todos os palmeirenses. Este elenco é o elenco do Palmeiras para 2013, a gente não está aqui para iludir o torcedor. Quando vestir a camisa do Palmeiras, tem de ser uma pessoa comprometida”, disse.
Já Brunoro garantiu respaldo à comissão técnica do Alviverde. “Ela (torcida) tem o lado emocional que a gente tem de respeitar, e a gente respeita isso. Mas, quem administra, tem de ter frieza e responsabilidade. A gente perdeu um jogo onde tomamos seis gols. Todos nós estamos aqui sem dormir, mas esta situação já aconteceu na história do Palmeiras e na história de outros times também. Temos de dar condições ao treinador para ele trabalhar. É desta maneira que nós podemos ajudar.”

Caio e Ronny projetam evolução

“Foi especial fazer meu primeiro gol pelo time profissional. Infelizmente não saiu em uma vitória, mas acredito estar no caminho certo. Espero estar agradando à comissão técnica e continuar aproveitando as oportunidades”, disse o camisa 29.
Cria da base alviverde, Caio tem 11 jogos pelo clube – três como titular. E, além do tento, o atleta contabiliza uma assistência (no gol de Patrick Vieira, anotado na vitória por 2 a 1 sobre o Sporting Cristal-PER, na estreia da Copa Libertadores) e uma participação indireta (no gol de Leandro, no triunfo sobre o União Barbarense, pela nona rodada do Campeonato Paulista).
Contratado no início da temporada, Ronny também se destacou. O meia entrou ainda no primeiro tempo, deixou a sua marca e terminou o embate com números expressivos: uma assistência (para o gol de Caio), três cruzamentos certos, três lançamentos corretos, 16 passes e duas finalizações.
O camisa 17 almeja dar sequência ao trabalho. “Entrei ligado e, graças a Deus, consegui ajudar o Palmeiras. Estou triste pela derrota, mas confiante de que posso contribuir ainda mais. Vou continuar trabalhando forte”, afirmou.

Palmeiras B vence o Marília de virada

O Palmeiras B conquistou uma importante vitória pela Série A3 do Campeonato Paulista, na noite desta quarta-feira (27), sobre o Marília, no Estádio Bento de Abreu. Apesar de sair atrás no placar, atuando na casa do adversário, o Verdão mostrou poder de reação no segundo tempo e, com gols de Julio Cesar e Chico, conquistou a vitória por 2 a 1.
O gol do Marília foi marcado por Patrick, aos 32 minutos da primeira etapa. No entanto, nos minutos finais da segunda etapa, o Palmeiras B buscou a virada: Julio Cesar empatou, aos 39, e Chico marcou o segundo aos 45 minutos da etapa final.
Com o resultado, o Palmeiras deu bom salto na tabela - com 16 pontos conquistados, ocupa agora a 16ª colocação na Série A3. A equipe volta a campo no próximo sábado (30), às 15h, contra o Taubaté, na Rua Javari.

Wesley e Maurício Ramos distribuem ovos de Páscoa na AACD

O zagueiro Maurício Ramos e o volante Wesley, do Palmeiras, estiveram na tarde desta segunda-feira na sede da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) e distribuíram ovos de Páscoa para dezenas de crianças presentes na instituição. A dupla de atletas do Verdão permaneceu cerca de duas horas na entidade e aproveitou para tirar fotos e autografar camisas.
"É muito gratificante vir aqui. Às vezes você reclama de alguma coisa, de um pequeno problema, e ver essas crianças, a alegria deles, você sai fortalecido. Esperamos que as pessoas possam vir até aqui presenciarem esses exemplos de vida. Ver este poder de superação não tem nada mais gratificante”, afirmou Maurício Ramos.
Na mesma linha do zagueiro, o volante Wesley comentou sobre a satisfação pessoal que é ver de perto projetos como a AACD. “Chego aqui e vejo que sou importante para eles. É uma lição de vida para todos nós, chegar aqui e poder conhecer um pouco melhor um trabalho tão bem feito. Fiquei feliz por ver o companheirismo que todos têm.”


domingo, 24 de março de 2013

PALMEIRAS foi melhor nos 3 classicos paulistas

- Fazendo comparação dos três, jogamos melhor nos três. Empatamos, mas somos um time de reconstrução, não posso tirar nosso mérito. Se alguém tentou vencer, fomos nós. Procuramos o gol o tempo inteiro – analisou o treinador, após o 0 a 0 diante do Santos.
Sem sete jogadores à disposição – Leandro Amaro, Henrique, Vilson, Souza, Valdivia, Kleber e Maikon Leite, todos no departamento médico – Kleina considerou que o Palmeiras deu uma demonstração de força nesta tarde, no Pacaembu.
- Não tem como não mudar a equipe da noite para o dia e achar que vai estar tudo bem. O que mostra que o Palmeiras está no crescimento é que mesmo desfalcados, fomos superiores ao adversário. Cada um está se superando de uma forma – elogiou.




Rondinelly estreou

O meia Rondinelly fez a estreia com a camisa do Verdão no clássico deste domingo, contra o Santos, válido pela 14ª rodada do Campeonato Paulista, e avaliou que o Verdão foi melhor em campo.
“Tivemos uma posse de bola maior, porém sem chances claras de gol. Eu acho que estamos no caminho certo. O jogo foi igual. Foi uma partida em que o Palmeiras teve mais posse de bola. Agora é continuar trabalhando, que as coisas vão melhorar daqui pra frente”, declarou o meia.

Podiamos ter ganho, mas empatamos

Na tarde deste domingo (24), o Palmeiras enfrentou o Santos, no Pacaembu, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Paulista. As novidades do Verdão foram André Luiz, Maurício Ramos e Caio. Apesar do domínio alviverde durante boa parte do embate, o 0 a 0 permaneceu no placar.

Aos 47 min, o árbitro apitou o final do jogo. O próximo compromisso do Verdão acontece quarta-feira (27), às 19h30, contra o Mirassol, na casa do adversário, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Paulista.
Escalação: Fernando Prass; Weldinho, André Luiz, Maurício Ramos e Juninho (Marcelo Oliveira); Márcio Araújo, Léo Gago, Charles (Rondinelly) e Wesley; Leandro e Caio (Vinicius).
Cartão Amarelo: André Luiz.

PEIXE FRITO OU ASSADO?


sábado, 23 de março de 2013

Santos é fregues veja o historico

O Palmeiras vai a campo na tarde deste domingo (24) para enfrentar o Santos pela 310ª vez em toda história. Com 134 vitórias, 81 empates e 94 derrotas, o Verdão joga o clássico, no estádio do Pacaembu, para aumentar ainda mais a histórica vantagem. Ao todo, os palmeirenses marcaram 539 gols e sofreram 444 dos santistas.
Considerando apenas partidas do Campeonato Paulista, os dois times se enfrentaram em 178 jogos. O Palmeiras venceu 89 vezes, empatou 39 e perdeu em 50 oportunidades para os rivais de Santos. Foram anotados 330 gols pelo Verdão e 243 pelo Peixe.
Palco da partida deste domingo, o Pacaembu já recebeu o clássico entre Palmeiras e Santos em outras 78 oportunidades – cada time venceu 28 vezes e aconteceram mais 22 empates. Porém, o estádio que mais vezes foi utilizado para o clássico é a Vila Belmiro, com 97 jogos e nova vantagem palmeirense: 43 vitórias alviverdes, 17 empates e 37 derrotas.
No retrospecto geral, a maior sequência invicta é do Palmeiras. Foram 15 jogos sem perder para os santistas, entre 08 de julho de 1917 até 06 de junho de 1926. A maioria goleada da história do confronto aconteceu em 1932, quando o Palmeiras venceu por 8x0 pelo Campeonato Paulista.
Na última partida entre as duas equipes, vitória do Santos por 2x1. O Palmeiras foi a campo com Raphael Alemão; Artur, Mauricio Ramos, Román e Juninho; Mazinho (Luiz Gustavo), Márcio Araújo, Bruno Dybal (Diego Souza) e Correa; Maikon Leite (Vinicius) e Barcos.

Relacionados contra os sardinhas

Confira os 19 relacionados para o clássico contra o Santos:
Goleiros: Fernando Prass e Bruno
Laterais: Weldinho, Juninho e Ayrton
Zagueiros: André Luiz, Maurício Ramos e Marcos Vinícius
Volantes: Charles, Marcelo Oliveira, Márcio Araújo e Léo Gago
Meias: Rondinelly, Patrick Vieira e Wesley
Atacantes: Vinicius, Leandro, Caio e Emerson

Juninho quer repetir gol contra o peixe

“Não seria nada mau marcar novamente e dar a vitória ao Palmeiras mais uma vez. Temos sempre de pensar positivo. Mas, independentemente de quem fizer os gols, o que importa é vencer. Espero que a equipe faça um bom jogo, pois um resultado positivo dentro de casa será importante para continuarmos bem na tabela”, disse o atleta, que se lembra do tento com carinho.
“Foi marcante para mim. Primeiro, porque foi meu primeiro gol aqui no Palmeiras e, segundo, pela forma que saiu. Foi em um dos últimos lances do jogo. Enfim, tenho mesmo boas recordações do clássico Palmeiras x Santos”, afirmou.
A vitória sobre o Santos (no dia 5 de fevereiro de 2012) foi também o último triunfo do Verdão em um clássico. Por isso, Juninho espera que o time termine com esse tabu no domingo. “Temos de almejar isso, sim. Vamos em busca desta vitória para acabar também com esse tabu. Além disso, a maioria dos clássicos vem terminando em empate, e isso vem deixando o torcedor meio desanimado”.
Por fim, o jogador cita a importância da partida no sentido de melhorar o lado emocional do elenco alviverde. “Uma vitória no domingo, além de nos deixar bem na tabela, vai nos dar moral para enfrentar a parte final da Libertadores. Será importante”, expôs, em referência aos três embates restantes da primeira fase do torneio continental. O Palmeiras pega, no dia 2 de abril, o Tigre-ARG, também no Pacaembu.

Diego Souza passa por trote e tem a cabeça raspada

A boa atuação na Copa São Paulo deste ano rendeu ao jovem Diego Souza duas coisas: uma promoção ao time profissional e uma cabeça raspada. Nesta sexta-feira (22), o jogador de 20 anos sofreu um ‘trote’ e foi obrigado a treinar careca na Academia de Futebol.
Um dos líderes da iniciativa, o volante Wesley avisa que os outros novatos do elenco alviverde também estão na mira. “Virão novidades por aí. É bom a molecada ficar esperta”, brincou.
O próprio Diego Souza, que disputou duas partidas pelo Verdão no Campeonato Brasileiro do ano passado, levou a brincadeira na esportiva. “Isso aí é normal. É brincadeira sadia”, disse.
Os outros calouros da equipe são o zagueiro Luiz Gustavo e o meia Bruno Dybal. O trio (contando o Diego Souza) foi o destaque do clube, que foi semifinalista da Copinha deste ano. O atacante Vinícius também participou do torneio sub-20 em janeiro, porém integra o time de cima desde 2010.

Entrada exclusiva para sócio torcedor do PALMEIRAS

Para o jogo contra o Santos, os adeptos do Avanti poderão usufruir de uma entrada exclusiva no Pacaembu.

A vantagem é para os setores de maior movimento do estádio, as arquibancadas verdes e amarelas. O acesso acontecerá pelo portão 4, com atendimento exclusivo e sinalização para o sócio-torcedor se identificar.

O clube define a ação como a primeira implementação de um "grande pacote para agregar cada vez mais benefícios para quem é sócio-torcedor". Outras vantagens são a venda antecipada de ingressos, descontos nos bilhetes que podem chegar a 100% e a compra a custo mais baixo de 300 produtos de empresas como Ambev, Unilever, PepsiCo, Seara, Danone, Bradesco, Netshoes, Burguer King, Sky, Universidade Anhembi Morumbi.

Os responsáveis pelo marketing palmeirense querem mais do que triplicar o número atual de adeptos no projeto até o fim do ano, estabelecendo como meta atingir 40 mil adesões. Como estímulo, os jogadores entrarão em campo neste domingo com camisetas do Avanti e os torcedores receberão bastões de plásticos, tudo possível em parceria com a Ambev.

Em relação aos outros torcedores, a diretoria já anunciou nova promoção de ingressos para o jogo do próximo sábado, contra o Linense, às 18h30 (de Brasília), no Pacaembu. Na carga total de 37.153 bilhetes à disposição, os preços variam de R$ 20 a R$ 120, com entradas já à disposição de quem for sócio-torcedor.

sexta-feira, 22 de março de 2013

PALMEIRAS quer parcelar divida

Apesar de ter antecipado metade do orçamento de 2013 no ano passado, Arnaldo Tirone deixou de pagar, por alguns meses, os chamados "direitos de imagem" a vários atletas - esse tipo de pagamento corresponde, em muitos casos, a até 50% dos vencimentos dos jogadores.
Um dos casos era o do atacante Hernán Barcos. Quando Nobre assumiu, descobriu que o clube devia R$ 1,3 milhão ao jogador. Sem ter de onde tirar o dinheiro e com medo de que o argentino deixasse judicialmente o clube, Nobre fez negócio com o Grêmio, que sondava o atleta desde o meio da última temporada. O clube gaúcho pagou R$ 4 milhões ao Verdão, se responsabilizou pela dívida e ainda cedeu quatro atletas: Vilson, Léo Gago, Rondinelly e Leandro, todos por empréstimo até dezembro - apenas o último pode ficar no Palmeiras, já que seu contrato com o Tricolor está no fim.
O técnico Gilson Kleina e o zagueiro Henrique, entre outros, também têm valores a receber. A situação preocupa. Todos já foram chamados para uma conversa, e a diretoria passou a eles um plano de pagamento parcelado pelos próximos meses.

Adriano procura o PALMEIRAS (VSF)

SÓ FALTA ACEITAREM ESSE CARA, AI BAGUNÇOU DE VEZ, ELE NÃO DA CERTO EM NENHUM CLUBE, PORQUE DARIA CERTO NO PALMEIRAS,POR QUE MUDARIA?


O Imperador em pessoa ligou para o José Carlos Brunoro, diretor executivo do Palmeiras no começo do ano. Adriano disse a ele que via no Palmeiras uma excelente maneira de se recuperar para o futebol e perguntou se havia o interesse do clube paulista.
Brunoro ouviu atentamente, e então foi conversar com o presidente Paulo Nobre, que ficou entusiasmado com a possibilidade, desde que o atleta mostre que tem condições de jogo.


Vilson também esta fora do classico

O zagueiro/volante Vilson desfalcará o Palmeiras na partida deste domingo (24), contra o Santos, no estádio do Pacaembu. O departamento médico alviverde diagnosticou, nesta sexta-feira (22), um edema na parte posterior da coxa direita do atleta. O camisa 15 tem chances de retornar ao time já na próxima quarta-feira (27), diante do Mirassol, no interior de São Paulo.
Contratado junto ao Grêmio, Vilson tem nove confrontos – seis pelo Campeonato Paulista e três pela Copa Libertadores – e um gol (o primeiro da equipe no empate por 2 a 2 com o Corinthians, no dia 17 de fevereiro) pelo Verdão.          
Outro desfalque certo será o defensor Leandro Amaro, que precisou abandonar o treino da última quinta-feira (21). O jogador sofreu uma lesão no menisco colateral do joelho esquerdo e ficará fora por um mês.
Desta forma, o Palmeiras totaliza seis desfalques por contusão. Souza, Maikon Leite e Valdivia (joelho esquerdo, tornozelo direito e coxa direita) já estavam entregues ao departamento médico. E, no último embate, ante o Botafogo-SP, na quarta-feira (20), Henrique e Kleber tiveram de ser substituídos ainda no primeiro tempo por lesões, respectivamente, na coxa direita e no joelho direito. A dupla ficará em tratamento por cerca de 15 dias.

PALMEIRAS PREPARADO PARA FRITAR O PEIXE DOMINGO

“A gente escuta muito que a equipe está vencendo, mas não convencendo. Mas o que importa no futebol são as vitórias. E isto está acontecendo. Estamos com uma invencibilidade de dez jogos. Agora é continuar focado nos objetivos e manter essa regularidade”, afirmou.
Charles, reforço que veio do Cruzeiro, tem quatro duelos pelo Palmeiras, sendo dois como titular: São Paulo e Botafogo-SP. E, mesmo sem estar no auge da forma física, o jogador classifica como positivo seu início no Palestra Itália.
"É um começo bom. Apesar de não estar na minha forma física ideal – pois fiquei dois meses sem jogar antes de vir para cá -, eu tenho me dedicado bastante e estou me adaptando cada vez mais. Vou continuar nesta pegada porque, assim como qualquer atleta, quero jogar e ganhar títulos”, disse.
No domingo (24), o adversário será o Santos. O camisa 28, que já passou pela Vila Belmiro, enxerga o time do técnico Gilson Kleina preparado para o confronto. “Estamos prontos. Vamos tentar repetir o ritmo de jogo imposto contra o Botafogo e buscar mais três pontos. O Palmeiras é um clube grande, de tradição e a nossa meta é ser campeão. Vamos entrar para vencer”, completou.



Palmeiras x Santos: informações sobre venda de ingressos

Os ingressos para o jogo entre Palmeiras e Santos, que acontece domingo (24), às 16h, no Pacaembu, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista estão à venda através do site www.futebolcard.com e nas bilheterias e demais postos de venda. A carga total é de 37.153 ingressos.
Os sócios Avanti tiveram exclusividade na compra dos ingressos via internet a partir de segunda-feira (18).
Pela internet, o público em geral pode adquirir o ingresso a partir das 10h de quarta-feira (20). Nas bilheterias do estádio Palestra Itália e nos demais postos de vendas, os torcedores podem comprar as entradas entre quinta-feira (21) e sábado (23). O horário das vendas será das 10h às 17h. No dia do jogo (24), as vendas acontecerão nas bilheterias do Palestra Itália, das 10h às 15h, e no Pacaembu, das 10h às 12h (Horario padrão de vendas para classicos conforme determinação do Policiamento)

quinta-feira, 21 de março de 2013

Wesley só quer ajudar amem

“Eu nunca tive dificuldade com relação à posição. Eu só gosto de jogar mais atrás. Venho de uma lesão e o torcedor cobra. Estou começando a responder e o meu objetivo é sempre ajudar”, garantiu.
Sobre o duelo desta quarta-feira com o Botafogo-SP, Wesley afirmou que o Verdão demonstrou muita disposição e mereceu o resultado positivo. O meia também comemorou o apoio dos torcedores do Palmeiras durante o jogo.
“O time esteve mais rápido, soube ocupar os espaços. Todo mundo sabe que o Botafogo vinha bem no campeonato, mas jogávamos em casa e precisávamos nos impor. Foi o que aconteceu, vencemos por 2 a 0 e conseguimos o reconhecimento do nosso torcedor”, disse o jogador, que possui sete participações em gols do Alviverde nesta temporada e é o atleta que mais ajudou o Verdão a balançar a rede adversária neste ano, ao lado do atacante Maikon Leite, que possui a mesma marca.
Dos 16 jogos do Palmeiras em 2013, Wesley esteve presente em 15, sendo 14 como titular e 1 entrando no segundo tempo.

Leandro melhor que Barcos

Ele chegou ao Palmeiras há cerca de um mês e disputou apenas cinco partidas - só uma como titular. Mesmo assim, ele já aparece no topo da lista dos goleadores. Para efeito de comparação, Henrique tem 14 jogos no período. Barcos deixou o clube com 31 gols - 28 ano passado e três neste ano.
– Se eu continuar fazendo gols e ajudando o Palmeiras a conquistar os objetivos, posso suprir a falta do Barcos – disse Leandro.
Leandro sabe que tem de trabalhar muito para garantir vaga na equipe.
– Não me considero titular. Tive uma boa estreia como titular, mas não tem nada definido. Tenho de trabalhar muito, mostrar ainda mais e quem vai decidir isso é o professor Gilson Kleina.
Pesa contra Leandro o fato de ele não poder atuar pela Libertadores. Ele foi inscrito pelo Grêmio para a fase prévia da competição e, por isso, não pode entrar na lista do Palmeiras. Nem mesmo se o Verdão chegar à fase de mata-mata o atacante poderá disputar o certame.
– Fico chateado. Todo atleta quer estar atuando, independentemente do campeonato quer jogar. Vou trabalhar bastante para dar o meu melhor no Paulistão e na Libertadores vou torcer para os meus companheiros.

Xerife machucado

– Ele teve uma lesão pequena na coxa. Este tipo de lesão conseguimos estipular um prazo. Deve voltar em duas semanas. Dependendo do andamento da recuperação, um pouco mais ou um pouco menos – afirmou o médico do clube, Otávio Vilhena

Sem seu principal defensor, o treinador tem duas opções para montar o setor. Como Vilson agradou e deve ser mantido, ele pode promover o retorno de Maurício Ramos, que cumpriu suspensão automática na última partida, ou manter o recém-contratado André Luiz, que fez sua estreia e agradou a comissão técnica.

Sabiá vai cantar no Inter agora

A saída de Bruno Sabiá (94), que completa 19 anos nesta quinta-feira, é a primeira grande derrota da nova direção da base do Palmeiras. Contratado a peso de ouro junto ao Paulista de Jundiaí durante a administração de Luiz Gonzaga Belluzzo, Bruno será profissionalizado por outro clube. Intermediários ligados ao agente Giuliano Bertolucci ofereceram o jogador a alguns clubes, como o Corinthians, mas a tendência é de acerto com o Internacional.
Ao perder um de seus jogadores mais promissores, o Palmeiras desperdiça assim o alto investimento que fez, em 2010, ao contratar Bruno Sabiá junto ao Paulista. Os valores gastos na contratação (especula-se que R$ 300 mil) chegaram a ser bloqueados pelo departamento financeiro na ocasião. Embora também sejam meias, Diego Souza (93), Edílson (93) e Chico (93) têm características diferentes às de Sabiá, considerado um jogador clássico. Em 2012, ele sofreu com lesões no púbis.

terça-feira, 19 de março de 2013

Leandro titular

Leandro está entrando bem. No momento em que fez o gol (contra o Barbarense), tivemos pela frente uma sequência de jogos pela Libertadores. Mas é bom salientar que o Vinicius, por ser da casa, tem uma cobrança maior da torcida. Dou muita proteção a ele. De repente, Leandro não está com esse peso. Avançou muito e queremos o melhor para o Palmeiras. Leandro está em momento melhor.

NOVO PATROCINADOR DO PALMEIRAS(LEIA)

BOM MUITA GENTE ESTÁ VINDO AQUI FALAR, COMENTAR NÉ, SOBRE UM POST ANTIGO QUE FIZ SOBRE O NOVO PATROCINADOR DO PALMEIRAS QUE SERIA O ITAU
OS DIAS PASSARAM E NÃO FOI CONFIRMADO, EU SÓ POSTEI IGUAL OUTROS BLOGS E FACES DO PALMEIRAS POSTARAM POIS ERA A NOTICIA DO MOMENTO OK.

VI A NOTICIA EM UM FORUM DO PALMEIRAS, EM MOMENTO ALGUM DISSE QUE ERA OFICIAL PORTANTO INFELIZMENTE ISSO NÃO VEIO SE TORNAR REAL.

ESPERO QUE EM BREVE O PALMEIRAS TENHA UM PATROCINADOR FORTE QUEM SABE IGUAL UM DIA FOI A PARMALAT

JA QUE ESTA AQUI LEIA AS OUTRAS NOTICIAS E SE MANTENHA INFORMADO(A) SOBRE NOSSO GIGANTE PALMEIRAS OBG PELA VISITA

VOLTE SEMPRE
SEM MAIS


São Marcos nos planos dos marketeiros

O diagnóstico do departamento de marketing prometido pelo diretor-executivo José Carlos Brunoro será apresentado à diretoria do Palmeiras nesta terça-feira. Com as informações em mãos, o clube vai elaborar novas ações para resgastar a imagem alviverde, reinserir o ex-goleiro Marcos na mídia e encontrar um 'substituto' para Hernán Barcos, hoje no Grêmio, como atleta símbolo do elenco.
- A gente vai ter um plano especial para o Marcos. Quando entramos, falamos que teríamos o diagnóstico e ele será apresentado para a diretoria nesta terça. Alguns pontos passam por esse diagnóstico. O Marcos faz parte dessa situação. Além do Marcos, que tem de ser um ídolo eterno, novos ídolos que também vão fazer parte do projeto - disse Brunoro, que admitiu o problema causado pela saída do Pirata.

PALMEIRAS procura novo IDOLO

- O Palmeiras sempre foi movido a títulos e grandes ídolos. Valdivia e Henrique, se transformados em produtos, serão altamente importantes. Podemos ter um projeto para trabalhar a imagem deles aliada a empresas, mas primeiro precisamos saber se há interesse em usar a imagem dos jogadores além da imagem do clube. É importante a integração do marketing do Palmeiras com o dos patrocinadores para ter soluções criativas - disse Giannubilo.
Se o atual elenco é carente em prováveis ídolos, José Carlos Brunoro tem alardeado desde que assumiu a sua intenção de contratar um grande jogador. Ele sempre disse que aguardaria a conclusão do diagnóstico e afirmou que havia possibilidade de negócio para o segundo semestre. Por enquanto, não há conversas em andamento.
- Tem que ter planejamento. Na hora que a comissão técnica decidir qual jogador seria importante, temos que definir o ínicio e o fim do processo. Aí o marketing vai buscar dentro do mercado as necessidades - avisou Gregoraci




NOVOS MARKETEIROS

“O Palmeiras começa hoje um novo ciclo na área de marketing e com uma situação muito peculiar também. Pelo estatuto do Palmeiras, o clube precisa ter diretores estatutários e nós conseguimos um diretor estatutário da área. Não é um médico cuidando do marketing. O Paulo (Gregoraci) é um grande profissional e com um ótimo currículo. Estamos conversando em todos os níveis, na mesma língua mercadológica. Procuramos no Marcelo (Giannubilo) uma pessoa com experiência na área de marketing e na parte esportiva”, falou o dirigente.
Gregoraci, por sua vez, contou como foi a sua negociação com o Verdão e fez ressalvas ao trabalho da nova diretoria palmeirense. “No final de 2012, eu recebi um convite do Paulo (Nobre) e do Brunoro para eu estar aqui, caso o Paulo vencesse a eleição para presidente. Para mim, foi uma honra muito grande. Sou palmeirense fanático e acredito que eu posso ajudar muito”, contou o diretor, que explicou a escolha de Marcelo Giannubilo para ser o CMO do clube alviverde.
“O convite foi para ser diretor estatutário e saímos à procura de mais um profissional. Entrevistamos, mais ou menos, uma dúzia de profissionais no mercado, todos eles com grandes currículos. Obviamente, pesou muito a experiência que o Marcelo tem, pois ele já trabalhou por um bom tempo como diretor de marketing, tanto da Unimed quanto do Fluminense”, falou.
Já Giannubilo agradeceu a confiança do Palmeiras em seu trabalho. “É uma honra trabalhar no clube que eu amo. Trabalhar com esses dois craques (Paulo Gregoraci e José Carlos Brunoro) é bem mais fácil. O nosso objetivo é colocar o Palmeiras aonde ele merece, valorizar a imagem dele. Em um curto espaço de tempo, vamos desenhar o planejamento de marketing”, declarou

Ingressos quem vai querer ta baratinho

Os ingressos para o jogo entre Palmeiras e Botafogo-SP, que acontece na quarta-feira (20), às 19h30, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, continum mais baratos. A venda acontece através do site www.futebolcard.com e nas bilheterias e demais postos de venda. A carga total é de 37.153 ingressos.
Os sócios Avanti terão exclusividade na compra dos ingressos via internet a partir de sexta-feira (15).
Pela internet, o público em geral pode adquirir o ingresso a partir das 10h de domingo (17). Nas bilheterias do estádio Palestra Itália e nos demais postos de vendas, os torcedores podem comprar as entradas entre segunda (18) e terça-feira (19). O horário das vendas será das 10h às 17h. No dia do jogo (20), as vendas acontecerão nas bilheterias do Palestra Itália, das 10h às 17h, e no Pacaembu, das 10h até o intervalo do jogo.

100 jogos longe do Palestra

Desde que o estádio Palestra Itália foi fechado para reformas, em julho de 2010, o Palmeiras já realizou 99 partidas como mandante em sete estádios diferentes (ver relação abaixo). No total, foram 51 vitórias, 24 empates e 24 derrotas, com 146 gols marcados e 89 sofridos. O aproveitamento é de 59,5%. O jogo de número 100 como mandante após o fechamento do Palestra acontece nesta quarta-feira (20), às 19h30, contra o Botafogo-SP, no estádio do Pacaembu, em confronto válido pelo Campeonato Paulista.
Neste período de quase três anos fora do Palestra Itália como mandante, o local que o Verdão mais atuou foi o Pacaembu, em 56 partidas, seguido da Arena Barueri, em 21 jogos, e do Canindé, em 13 confrontos.
Em 98 anos de história, o Palmeiras realizou 1571 jogos no estádio Palestra Itália: são 1064 vitórias, 318 empates e 189 derrotas, aproveitamento de 74,4%. O time marcou 3702 gols e sofreu 1486. O Pacaembu é o segundo estádio que o Verdão mais atuou em toda a história: são 1052 jogos, com 525 vitórias, 291 empates e 236 derrotas, aproveitamento de 59,1%. Foram 1930 gols marcados e 1257 gols sofridos.
O último jogo em competições oficiais no Palestra Itália aconteceu no dia 22 de maio de 2010, na vitória de 4x2 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Já o último confronto na casa alviverde, no entanto, foi no amistoso diante do Boca Juniors-ARG (derrota por 2x0), no dia 9 de julho de 2010.



Souza volta a correr

O volante Souza, que sofreu uma entorse no joelho esquerdo no último dia 4, voltou a correr nesta segunda-feira (18), na Academia de Futebol. O jogador, que vem desfalcando o time desde a partida contra o Tigre-ARG, pela Copa Libertadores, deve ficar à disposição do técnico Gilson Kleina daqui duas semanas.
De acordo com a programação, o atleta (que estava até a semana passada realizando tratamento) continuará os trabalhos funcionais nos próximos dias. E, na sequência, ficará sob os cuidados dos preparadores físicos Fabiano Xhá e Marco Aurélio Schiavo.
Ao todo, Souza tem 55 jogos e um gol pelo Verdão. Em 2013, foram oito partidas. O tento anotado saiu no empate por 2 a 2 com o Mogi Mirim, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, no dia 10 de fevereiro.
A expectativa é de que o camisa 8 esteja apto para atuar no duelo de volta diante do Tigre-ARG, que está marcado para o dia 2 de abril. Souza foi titular ante Sporting-Cristal-PER e Libertad-PAR

WESLEY GARÇON

Com a assistência para o atacante Leandro marcar o gol de empate do Palmeiras na partida deste domingo (17) contra o São Caetano, no ABC Paulista, o meia Wesley chegou à sua sétima participação em gols do Alviverde nesta temporada e se tornou o atleta palestrino que mais ajudou o Verdão a balançar a rede adversária neste ano, ao lado do atacante Maikon Leite, que possui a mesma marca.
Além da assistência para Leandro neste final de semana, o camisa 11 deu passe para o gol de Patrick Vieira contra o Oeste, iniciou a jogada que culminou no gol de Luan, o segundo do Verdão contra a Penapolense, começou o lance do terceiro gol de Barcos contra o São Bernardo, cobrou o escanteio para o gol de Henrique contra o Sporting Cristal-PER, cruzou para Vilson no jogo contra o Corinthians e, na mesma partida, cobrou o escanteio que originou o gol de Vinicius.
Dos 15 jogos do Palmeiras em 2013, Wesley esteve presente em 14, sendo 13 como titular e 1 entrando no segundo tempo. O jogador palmeirense também se destaca pela sua média de dribles, que atinge a marca de 4,1 por partida. Além disso, o atleta alviverde acerta em média 40,8 passes durante os duelos do Verdão neste Paulistão e erra apenas 3,8.

domingo, 17 de março de 2013

Torcida quer Kleina fora

Muitos torcedores do Palmeiras nas redes sociais, estão pedindo a cabeça do treinador
Mesmo com jogadores ruins, a torcida acha que a culpa maior é do treinador, não é de hoje que ele tem mexido mal no time, deixa Leandro no banco, faz alterações erradas,coloca o time na retranca.
o palmeirense perdeu a paciência com o time e com kleina, como não pode sair todos jogadores, logo logo acredito que o técnico saia.
Eu gostei da contratação dele na epoca, mas agora vejo ele com medo de montar o time, colocar o time pra frente na hora certa, quando ele vai tirar o kleber do time?
Vamos aguardar os próximos capitulos e ver quem esta com a razão.


Prass 'Quando vi, a bola estava ultrapassando a linha'

De acordo com o arqueiro alviverde, ele estava com a visão encoberta quando o adversário Éder arriscou chute da intermediária, aos 41 minutos do primeiro tempo.
- Me posicionei para o lance, o Weldinho foi dar o bote e o Henrique também tentou. Quando eu vi a bola ela já estava ultrapassando a linha. A minha reação foi me desequilibrar e cair para trás - declarou o camisa 25.
Se Prass é questionado pelo lance que resultou no tento do Azulão, ele recebeu a "ajuda" do companheiro Leandro, que entrou no jogo no segundo tempo e anotou o tento de empate.
O placar de igualdade diante do lanterna da competição deixou Fernando Prass insatisfeito. O Palmeiras chegou a 21 pontos, é o sexto colocado, e perdeu a oportunidade de encostar no líder São Paulo, que tem 26 pontos e um jogo a menos.
- Estávamos projetando encostar de vez nos líderes, chegar aos 23 pontos para os confrontos diretos com o Botafogo (quarta) e o Santos (próximo domingo) em casa. Por isso o empate não foi um bom resultado - avaliou.


Destaque do Palmeiras hoje foi...

LEANDRO - atacante
Entrou bem e mudou a cara do time, marcando o gol de empate três minutos depois de pisar o gramado. Caiu um pouco de rendimento no fim, mas, mesmo assim, foi o melhor do time. Nota: 7

Paulo Nobre chefiará a Seleção Brasileira em dois amistosos

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, chefiará a delegação da Seleção Brasileira nos próximos dois amistosos. O primeiro será na quinta-feira (21), contra a Itália, em Genebra (Suíça). E o segundo no dia 25 de março, diante da Rússia, em Londres (Inglaterra).
Eleito há quase dois meses, o mandatário alviverde agradeceu o convite e ressaltou a importância do clube no cenário nacional. "Em nome da Sociedade Esportiva Palmeiras, fiquei muito honrado com o convite feito pelo presidente José Maria Marin. Isso mostra o prestígio que o Palmeiras tem junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e à opinião pública", disse.
Nobre, 45 anos, é o 38º homem a ocupar o posto mais alto da hierarquia do Verdão e o mais jovem desde 1932, quando Dante Delmanto foi empossado com apenas 25 anos de idade.


PALMEIRAS EMPATA COM O LANTERNA

Na tarde deste domingo (17), o Palmeiras enfrentou o São Caetano, no Anacleto Campanella, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Paulista. A novidade do Verdão foi Patrick Vieira, que entrou no lugar de Valdivia. O time do ABC paulista abriu o placar no final do primeiro tempo, mas no início da etapa complementar Leandro conseguiu o empate.

Escalação: Fernando Prass; Weldinho, Maurício Ramos, Henrique e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Wesley e Patrick Vieira (Tiago Real); Vinícius (Leandro) e Kleber (Caio).
Cartão Amarelo: Maurício Ramos.
Gols:
Palmeiras: Leandro (3’ – 2º tempo).
São Caetano: Éder (41’ – 1º tempo).

Tiago Real esta pronto para ocupar lugar de Valdivia

Já Tiago Real se recuperava de lesão no ombro direito, sofrida no jogo do rebaixamento contra o Flamengo no Brasileirão, em novembro. Gilson Kleina fechou o coletivo no sábado de manhã e não adiantou a 11ª formação em 15 jogos no ano.
- O que nos faltava ano passado, esse ano sobra. Agora temos opções, jogadores de qualidade. Não vejo a lesão do Valdivia como oportunidade, porque já joguei junto com ele. Fico triste, ele vai fazer muita falta. Não sei se vou jogar, mas se o treinador optar por mim ou qualquer outro jogador, está todo mundo preparado, muito forte. Nos treinamentos, é de igual para igual – declarou Tiago Real,
A cirurgia no ombro a que foi submetido não foi uma novidade para o camisa 23. Ele já havia passado por procedimento semelhante em 2007, ainda na base do Coritiba. Com a região calejada, o meia garante não ter receio de ir para o choque no campo.

- Estou confiante, esse mês foi bem proveitoso para tomar porrada, ter quedas e contato. Já passou aquele receio. Na primeira semana, você tem esse receio, mas passou, o problema está resolvido - concluiu.



'O Palmeiras hoje é um terreno fértil para crise'

Ser presidente do Palmeiras assusta muito. Todo dia tem um problema grande para resolver. E quando não é grande, a coisa fica grande aqui dentro. O Palmeiras é seu maior adversário. É um terreno fértil para crise, qualquer coisa vira problema: o time que torce o assessor, a cor da camisa de alguém, alguma declaração... Difícil trabalhar assim. Mas tento lidar com cada problema quando surge. Sei que no dia seguinte vai ter coisa difícil para resolver, e venho lidando assim nesses dois meses. Não tenho mais final de semana, feriado. Quando tem um dia livre eventualmente você valoriza chegar em casa e descansar, ter contato com amigos, ter vida social... Quando você assume esse cargo, tem de abrir mão de tudo para fazer um bom trabalho. Estou vivendo o Palmeiras de manhã, à tarde e à noite, tentando dar meu melhor, cobrar todos que convidei para trabalhar, quem eu contratei... Para virar esse jogo.

Confira histórico de Palmeiras x São Caetano

O Palmeiras enfrenta na tarde deste domingo (17) o São Caetano e buscará acrescentar mais uma vitória ao breve histórico de confrontos entre as duas equipes. Um dos mais jovens clubes das primeiras divisões do futebol brasileiro – apenas 23 anos de existência -, o time da região do Grande ABC foi adversário do Verdão em 26 oportunidades.
Ao todo, o Palmeiras conta com 13 vitórias, contra 8 jogos vencidos pelos rivais e outros 5 empates. O Verdão marcou 45 gols, enquanto o São Caetano balançou as redes 33 vezes. Considerando apenas partidas do Campeonato Paulista, os números caem para 11 duelos, sendo 6 vitórias, 2 empates e 3 derrotas do Alviverde.
Visitante na partida do próximo domingo, o Palmeiras já jogou contra o São Caetano com mando do adversário em 13 oportunidades. Foram 4 vitórias, 3 empates e 6 derrotas, com 16 gols a favor e 17 contra. Em casa, os números se invertem: 13 jogos, com 9 partidas vencidas pelo Verdão, 2 empates e apenas 2 derrotas – 29 gols alviverdes e 16 do adversário.
O primeiro jogo da história entre os dois clubes aconteceu em 11 de dezembro de 1991, em amistoso realizado no Estádio Anacleto Campanella. O Verdão venceu por 4x0, com gols de Andrei, Edu Marangon, César e Márcio. Já pelo Campeonato Paulista, o primeiro confronto aconteceu em 25 de março de 2001, com nova vitória do Palmeiras: 2x0, no Palestra Itália. Paulo Turra e Muñoz marcaram os gols.
O último jogo entre as equipes aconteceu no Campeonato Paulista de 2012 e terminou 0x0. O Palmeiras foi a campo com Deola, Cicinho, Maurício Ramos, Henrique, Juninho, Marcos Assunção, João Vitor (Patrik), Márcio Araújo, Daniel Carvalho (Valdivia), Maikon Leite e Barcos (Ricardo Bueno). O técnico era Luiz Felipe Scolari.